Contra O Machismo, Educação Em Igualdade. – Mãe, Não Há Mais Do Que Uma

Contra O Machismo, Educação Em Igualdade. – Mãe, Não Há Mais Do Que Uma

Contra O Machismo, Educação Em Igualdade. - Mãe, Não Há Mais Do Que Uma 1

Tenho de identificar que há dias em que eu comece a continuar mais séria do que o normal. Hoje é um. Neste website, digo que a maternidade se fornece conta de que onde ele falou digo já, diz Diego. Tenho de discernir que, quando não era a mãe ria muito das medidas que alguns políticos tomavam pra combater o machismo, muito de forma especial da divisão mais extrema do leste; a agressão de gênero.

Agora me envergonho de me ter rido. E eu ria por causa de não pensava que medidas que tivessem a acompanhar com a linguagem, por exemplo, fossem realmente eficazes. Agora afirmo que me enganei. Se há algo que poderá terminar com o machismo, é a educação.

E a melhor de sempre educação é a que se adquire pequenos: meninos e criancinhas. Antes de ser mãe eu vivia imerso em um universo profissional onde nunca visualicé o machismo além do famoso teto de vidro que toda a multinacional cumpre à risca. E eu aspiro ser cuidadoso com isso visto que consta-me que isto não é dessa maneira em outros campos de trabalho.

  • Claro. Mas depois tendes
  • Interpretada por: Logan Browning
  • Interpretada por: Bex Taylor-Klaus[24]
  • Carlos Lanari – Homem do smartphone
  • 5 Sociedade e cultura

apresenta-Me a comoção que a superior especialidade no trabalho e superior remuneração econômica do recinto, menos espaço pro machismo existe. Qual é a leitura de tudo isso? Quanto superior nível de estudos tenha uma mulher e quanto maior responsabilidade tenha teu posto de serviço, a menos possibilidade vai ter que sofrer diferenciação por ser mulher. Como a toda a hora, se cumpre a máxima veritas liberabit vos.

A verdade, no sentido do entendimento e não da religião, vos fará livres. Foi no momento em que eu me tornei mãe, no momento em que me dei conta da “arapuca” que a sociedade nos tinha deparada. Nada desejamos fazer, a priori, por variar comportamentos machistas em casa.

Não queremos submeter à ordem jurídica, contudo queremos modificar os pensamentos de toda uma população com uma educação baseada pela igualdade plena. No outro dia eu parei para conversar com uma mãe da faculdade de Dona Tecla. Este cole é de ensino francesa, laica e de corte liberal, muito em linha com os valores da república francesa. Dói saber que ele tinha explicação. Há exceções, mas ainda há muito caminho por andar.